Site da Hope fora do ar

Após algumas reclamações em relação à campanha de marca Hope “hope ensina” com a top Gisele Bündchen, governo através da secretaria de políticas para mulheres, suspende campanha ocasionando a retirada do site da empresa do ar.

A motivação dada para a supensão da humorada campanha da Hope é a alegação de que a mesma promove o esterótipo da mulher como objeto sexual e apresenta conteúdo discriminatório contra as mulheres. A marca defende-se alegando que  campanha pretende mostrar a sensualidade da mulher brasileira, que é reconhecida mundialmente, como arma amenizadora na hora de dar uma má notícia. Para evitar a análise sob o viés da subserviência através da dependência financeira, utilizamos a modelo Gisele Bündchen, uma modelo bem sucedida financeiramente e profissionalmente.

Sob uma ótica mais generalista, é importante lembrar que quando motivos minimalistas viram notícias bombásticas comparadas aos graves problemas políticos e econômicos de um país como o Brasil, é comum que assuntos governamentais de magnitudes infinitamente maiores, estejam tentando ser encobertos.

Fonte: Sala52